Dicas para fazer uma Ceia de natal para a família!


Todo ano a expectativa é a mesma – e a lista de dilemas e questões também: é a hora de preparar a Ceia de Natal para a família.

E no rodízio deste ano, você foi a escolhida! Tenho a certeza de que você não vai desanimar, afinal é sempre gratificante reunir a família e pode compartilhar momentos de diversão e confraternização.

Mas são muito detalhes, muita coisa que a gente só precisa e lembra nesta época do ano, e a vida corrida do dia a dia deixa pouco espaço para tanta antecedência  e organização.

Por isso, pensei em dicas para fazer Ceia de Natal para a família que será muito elogiada e também ajude a não ser tão cansativo que você mal consiga aproveitar!

01 – Hora de calcular o número de convidados!

Essa contagem sempre dá trabalho, não queremos que falte comida e nem que sobre – apesar de sabermos que a sobra não existe, podemos fazer muita coisa gostosa no dia seguinte ou simplesmente comer!

Um truque é saber quem são as pessoas e imaginar o quanto cada uma comeria em um prato da ceia, e então multiplicar por três. Com certeza vai sobrar, mas é melhor do que faltar.

Com que comida eu vou?

Se é combinado de cada pessoa levar algo, estipule a quantidade que você calculou. Não dá pra você imaginar uma quantidade ideal e a pessoa levar o que ela quiser.

Dica: quando for definir quem leva o quê, faça em um grupo do Whatsapp – enfim alguma utilidade – para que todos saibam e a pessoa se comprometa e não faça você ir pra cozinha inventar algo.

Agora, se a família é muito grande, e sempre tem os preguiçosos, você pode precisar de uma cozinheira na hora da preparação dos quitutes.

02 – Os presentes

Este item é sempre polêmico, principalmente nos dias atuais tão difíceis, em toda reunião de família teremos pelo menos uma pessoa desempregada ou várias em situação complicada.

O ideal é sempre rememorar o espírito real do Natal: confraternizar e trocar carinho. Assim todos ficam confortáveis de curtir a noite, sem melindres.

Se quiser uma opção, sugira que apenas as crianças ganhem algo. Mantém a brincadeira com elas e deixa os adultos mais relaxados do ganhei mas não dei.

03 – Decoração

São os itens que, aos poucos, levam boa parte do seu orçamento – afinal, eles custam caro porque é Natal e a gente quase não sente.

Procure usar fitas, laços, objetos que você já tem casa e combine com alguns parentes de juntar o que eles podem dar para fazer arranjos criativos e sem comprar – ou comprar muito pouco. E se você não fez isso no Natal passado, faz agora: guarde todos os enfeites em caixas para reusar no ano que vem.

Decoração de Natal não é que nem vestido da Ceia – um diferente a cada ano, certo?

04 – Lugar para todos

A não ser que você institua o estilo americano para a Ceia – o que acho o máximo, para sair sempre do tradicional – será necessário ter lugares para todos cearem.

A partir da lista, defina mesas – pegue emprestado alguma se precisar – e vá reservando em um desenho num papel. A cada inclusão, se estiver faltando lugar, considere os idosos e gestantes (sempre tem uma) como prioridades.

Depois as não grávidas e as crianças. Homens, por favor colaborem!

Uma opção bacana é uma mesinha de brinquedo ou tipo escolinha para as crianças juntas.

05 – A música

Ceia de Natal. Músicas natalinas de artistas famosos (sim, você pensou em cortar a Simone, mas pode render boas risadas!), existem vários cantores americanos com discos natalinos.

MPB, um pop suave, mas evite e desestimule ritmos pesados e pesados. Não é a noite pra cair na gandaia, essa noite vem uma semana depois. No Natal temos pessoas de todas as idades e o clima é outro.